Ser Uma Empresa Sustentável: Escolha ou Necessidade?

As empresas têm um enorme papel social. Afinal, fazem parte direta do dia a dia de todos os seus funcionários, clientes e, em alguns casos, de toda uma rede construída ao redor do seu produto ou serviço. Mais do que isso, todas as ações realizadas por quaisquer empresas têm um impacto muito maior que elas mesmas.

Há muito tempo já se fala em consciência sustentável e sustentabilidade em geral, mas nunca esses temas foram tão presentes como são hoje. As possibilidades e avanços na comunicação tornaram o acesso à informação quase instantâneo para todos. Há poucos dias, por exemplo, a ONU liberou um relatório que demonstra que mais de 1.000.000 de espécies estão ameaçadas em nosso planeta e que deixa claro que a culpa é de todos nós. Mas o que isso tem a ver com a sua empresa?

Tem a ver que, se sua empresa não está fazendo nada para mudar ou contribuir por um mundo melhor, você é apenas mais uma no meio de várias outras. E se ainda pratica ações prejudiciais à sustentabilidade global, do social ao ecológico, em pouco tempo será denunciado. A verdade é que a mudança começa de dentro para fora e sua empresa sempre será a imagem daquilo que ela pratica no seu dia a dia. Se você quer garantir prosperidade para seu negócio e para o mundo, comece a pensar agora sobre as 5 dicas a seguir:

1 – CONSUMIR CONSCIENTE

O seu consumo de bens e serviços, seja ele para sua empresa ou para você mesmo, está diretamente relacionado ao quanto de consciência você tem sobre tudo o que está ao seu redor. Para consumir de maneira inteligente é fundamental entender os processos em que seus fornecedores estão envolvidos, desde o início desse processo até o momento de descarte do consumidor final.

  • Você está escolhendo seu fornecedor só pelo custo? Ou pensa se ele realmente está preocupado com seus impactos?
  • Você tira um tempo para refletir se pode melhorar algum processo interno ou compra de material?
  • Você está por dentro do que está acontecendo na sua cidade de ações sustentáveis? Você pode participar e, além de ajudar, desenvolve sua empresa com networking e clientes.

A partir daí deve se traçar alternativas para reduzir os desperdícios em tudo o que tange a sua empresa dentro dessa rede. Isso, servirá de bom exemplo para seus fornecedores e clientes, o que vai engajar ainda mais as pessoas para a sustentabilidade.

Repensar seu impacto nesse ciclo é entender que o “descarte” de tudo que é consumido, na verdade, é descartado dentro da nossa própria casa. Por isso, consumir de maneira consciente é mais do que simplesmente realizar uma troca entre pessoas, é enxergar que suas ações impactam direta e indiretamente em todos ao nosso redor.

2 – REDUZIR O CONSUMO

Apagar a luz quando sair? Desligar o projetor na hora que parar de usar? Desligar os equipamentos ao sair do escritório? A energia solar, por exemplo, é aplicável em pequena ou larga escala e torna possível que qualquer estabelecimento gere sua própria energia e seja autossuficiente energeticamente. O que isso quer dizer? Quer dizer que, além de reduzir o seu consumo energético, você pode produzir sua própria energia limpa.

Ainda não consegue investir para isso? Tudo bem, comece reduzindo o consumo de água, garanta que seu processo produtivo não gera desperdícios e que todo o seu comportamento e ações como empresa e parte da sociedade sejam bons para todos.

3 – REUTILIZAR

Reutilizar é usar um produto mais de uma vez, independente de ser na mesma função original ou não, e assim, evitar o que antes seria desperdício. Algumas ações simples é usar papéis como rascunhos, ou usar copos reutilizáveis por exemplo. Você sabia que uma empresa de 100 pessoas, pode gastar anualmente mais de R$12.000,00 em copos plásticos? A utilização de copos reutilizáveis além de ser mais econômico, evita o descarte de mais de 360.000 copos plásticos todos os anos.

Além disso, uma alternativa seria simplesmente incentivar seus clientes a retornarem os resíduos do seu produto, àqueles que não podem ser reciclados e, dessa maneira, reutilizar essa matéria prima e reduzir seus custos. Seja criando novos produtos ou reintroduzindo na cadeia produtiva. Sustentabilidade é repensar nossos usos. Então a dica é: Reutilize. Seja uma empresa parceira e entre nessa.

4 – SEPARAR SEU LIXO E DESTINAR CORRETAMENTE

O descarte incorreto de lixo traz graves problemas ambientais, sociais e econômicos. Estima-se que o Brasil perde mais de 3 bilhões ao ano por não reciclar todo seu potencial. O lixo no Brasil nem sempre vai parar em locais adequados, estima-se que 40% vai para locais inapropriados, mesmo após a implantação da Lei 12305/10, da nossa Política Nacional de Resíduos Sólidos que proíbe o descarte em rios, a céu aberto e outros casos que ainda vemos no dia a dia.

Separar seu lixo é fácil, basta você diferenciar o que é reciclável, orgânico, rejeito e os perigosos. Procure por cooperativas de reciclagem, compostagem e garanta que seus rejeitos não cheguem à natureza.

5 – INCENTIVAR BONS HÁBITOS

Parte do processo de consciência ambiental também se dá com a mensagem que você está passando para seu consumidor. Não é coerente uma empresa que separa seu lixo, mas entrega sacolas descartáveis ou canudos plásticos, por exemplo. Você sempre pode educar e incentivar seus clientes a repensarem seus hábitos dando o exemplo.

Pense que a balança que está pesando é a do planeta e você tem o poder de deixar uma pegada positiva. Mostre para seus consumidores o porquê da sua preocupação, procure soluções alternativas para os produtos que você já sabe que são prejudiciais e assuma essa responsabilidade.

Curta nossa página no Facebook