Peregrinação pela paz e pela sustentabilidade

Divina Misericórdia: Peregrinação pela Paz e pela Sustentabilidade

O grupo peregrino Divina Misericórdia está em constante viagem pelo mundo, levando como valores a paz e a sustentabilidade.

Você já se imaginou viajando pelo mundo para ajudar as pessoas?

Bem, é assim que atua o grupo peregrino Divina Misericórdia. Guiados pelos Mensageiros Divinos e pela Fraternidade – Federação Humanitária Internacional (FFHI), essas pessoas se dedicam a viver a harmonia, praticando-a e disseminando-a entre todos os Reinos da Natureza.

A fim de despertar a consciência humana para uma vida com paz, união, amor e altruísmo, a Fraternidade vem, desde 2011, realizando missões humanitárias em inúmeros locais da América do Sul e do mundo que passam por necessidades físicas ou espirituais, no intuito de amparar todos que passam por necessidade.

Entenda melhor a forma como essas pessoas vivem para ajudar tanto pessoas, quanto o meio ambiente.

Peregrinando pela Paz

Para reacender a chama da esperança e ajudar todas as pessoas, animais, plantas e outras espécies que passam por perturbações, o grupo peregrino Divina Misericórdia realiza, junto de outras equipes da FFHI, as chamadas Peregrinações pela Paz.

Uma delas, inclusive, ocorria, na Argentina, no momento de escrita deste artigo. Lá, os peregrinos promoveram encontros inclusivos e receberam, através dos videntes da congregação, mensagens sobre o futuro do planeta e as atitudes a serem tomadas frente a esse destino.

Essas jornadas são definidas pelos Mensageiros Divinos – figuras sagradas que vêm para conscientizar as nações, irradiando sua luz, paz e cura – e focam nos lugares que necessitam muito da ajuda humana, promovendo encontros com muita música, oração e união.

Essas reuniões englobam um número imenso de pessoas, todas buscando por um bem comum: a união de todos os povos pela paz. Elas, ainda, seguem os Princípios Crísticos – ou seja, têm um viés religioso – resultantes do catolicismo, o que não os impede de legitimarem todas as outras religiões, que, segundo eles, também cultivam a crença num ser supremo de pura paz.

Toda essa questão de princípios, inclusive, impacta em seu estilo de vida, em especial sua relação com a natureza.

Juntando-se aos “Reinos da Natureza”

Em busca de uma vida que não transgrida as leis espirituais e universais, os peregrinos vivem nas chamadas Comunidades-Luz – espaços em que as pessoas vivem em comunidade e doação em prol de um bem maior: a proteção dos Reinos da Natureza.

Esses “Reinos Irmãos”, como também são chamados, envolvem plantas, minerais e animais, todos importantes para um planeta saudável e equilibrado. E os grupos tentam estar sempre a serviço desses seres, seguindo alguns princípios que seriam inimagináveis para outras pessoas.

Viver em comunhão com os reinos da natureza
Os peregrinos procuram viver em comunhão com os Reinos da Natureza. – Foto: Divulgação/Voz e Eco Mensageiros Divinos

O consumo vegetariano, por exemplo, é uma dessas práticas. Ao deixar de ingerir a carne dos animais, os peregrinos evitam o sofrimento de inúmeros seres que têm consciência de sua dor e padecem como consequência do consumo desumano de seus corpos.

O Divina Misericórdia também busca praticar atingir e compartilhar uma noção ecológica, outra maneira de cultivar o amor e o respeito a todas as formas. Uma forma que arranjaram de fazê-lo foi aderindo aos copos reutilizáveis de silicone da Silicup.

De fácil limpeza e um transporte ainda mais simples, esses recipientes são perfeitos para o grupo, que está o tempo todo viajando grandes distâncias em prol da paz e da sustentabilidade. Dessa forma, comprovam que é possível sim ser sustentável mesmo vivendo com pouco.

Curta nossa página no Facebook