Dicas para ter um restaurante parceiro do meio ambiente

5 Dicas para Ter um Restaurante Parceiro do Meio Ambiente

Hoje, no Dia Mundial da Alimentação, fizemos uma lista com 5 dicas para que você forneça uma alimentação de qualidade para os seus clientes. Aprenda a ser um parceiro do meio ambiente!

Hoje, dia 16 de outubro, é o Dia Mundial da Alimentação!

A data, criada pela Organização das Nações Unidas(ONU) em 1979, mas que só passou a ser comemorada a partir de 1981, serviria para assinalar a criação da agência da ONU para a Alimentação e a Agricultura (FAO – do inglês Food and Agriculture Organization).

Motivados por essa data, nós, da Silicup, trouxemos algumas dicas – especiais para quem tem restaurante, mas que podem servir para melhorar a alimentação das pessoas individualmente – para ajudar a fornecer um de qualidade, suprindo todos os nutrientes e colaborando com um planeta sustentável, aos clientes do seu restaurante.

Portanto, confira essas 5 dicas para ter um restaurante parceiro do meio ambiente:

1. Fique atento aos seus fornecedores

Os seus fornecedores são extremamente importantes para que o seu restaurante possa funcionar, afinal, são eles que produzem os ingredientes que você usará na sua cozinha para fazer os mais diversos e deliciosos pratos.

Por esse motivo, você deve prestar bastante atenção a quem você escolhe para comprar comida! Afinal, essa pessoa e seu produto também vão passar a fazer parte da identidade dos seus pratos e da sua comida.

Prefira, sempre, os produtos de origem familiar e livres de agrotóxicos. Dessa forma, você valoriza o produtor local, o produto orgânico e o meio ambiente, o que contribui muito para a sustentabilidade do seu restaurante!

Você ainda pode fechar parcerias com seus fornecedores para que nunca falte um ingrediente. E, como eles são produzidos com amor e sem venenos, com certeza vão dar um gostinho especial para todas as refeições.

2. Tome cuidado com os seus gastos

Não apenas o gasto de dinheiro é importante para um restaurante – especialmente para um que é parceiro do meio ambiente. Especialmente a economia de água e de outros recursos é de grande importância para manter um consumo sustentável e consciente.

A água é, claramente, uma das maiores preocupações que temos atualmente. Apesar de ser um recurso relativamente renovável, a quantidade desse líquido disponível para o nosso uso, ou seja, a água potável, é relativamente pequena. Por esse motivo, é extremamente importante que tomemos muito cuidado com para economizá-la e preservá-la acima de tudo.

Cisternas, aqueles grandes recipientes em que se capta e guarda a água da chuva, são ótimas opções para evitar o desperdício – desde que se tomem os cuidados necessários. Fazer uso de torneiras automáticas e outros mecanismos que é outra forma, também eficiente, de poupar esse recurso.

Entre outras opções de menor impacto, podemos citar a eliminação dos plásticos descartáveis, que podem ser substituídos por papel, celofane, cerâmica ou outros materiais biodegradáveis ou recicláveis. Basta um pouco de criatividade e de vontade de aderir a um modelo mais sustentável de produção.

3. Ofereça mais opções veganas/vegetarianas

Investir em alimentos vegetarianos ou veganos é uma ótima maneira de ajudar o meio ambiente.

É preciso lembrar que a indústria da carne é, atualmente, a que mais gasta água para produzir. Segundo plataforma interativa e a instituição de pesquisas Waterfootprint, a fabricação de 1kg de bife gasta 15.415 litros de água para ser fabricado!

Isso acontece porque o animal precisa beber uma grande quantidade de água e, claro, se alimentar. O ponto é que a alimentação desses seres vivos também envolve, obviamente, imensas quantidades de água, decorrente do processo de plantação e fabricação das rações.

Como ter um Restaurante Parceiro do Meio Ambiente
A criação de plantas gasta muito menos água do que a de animais. – Foto: Carmela Caldart

Junta-se a tudo isso a violência do processo de produção da carne.

Apesar de toda a promessa de uma “morte humanizada” ao animais, você deve saber que não é bem assim que funciona – afinal, trata-se de uma morte. Muitas dessas são brutais e não levam nem um pouco em conta o bem estar dos animais.

Além disso, todo o processo de criação desses bichos (especialmente o industrial) é muito violento. Presos em cubículos minúsculos, sem a menor dignidade, apenas esperando o abate. As fêmeas são vistas como máquinas de reprodução e, muitas vezes, sequer têm a chance de encontrar os seus filhotes.

E você pode usar o seu restaurante para induzir um consumo justo para todos os seres vivos. Não perca essa chance!

4. Conscientize o cliente

Muitos clientes podem entrar no seu restaurante apenas para conhecer, às vezes, sem ter ideia da importância de se tornar uma pessoa sustentável. Nesses e em vários outros casos, você precisará conscientizá-los sobre a importância de uma vida de menor impacto.

Você pode, por exemplo, espalhar, no seu restaurante mesmo, mensagens sobre preservação e sustentabilidade. Fazer quadros falando a respeito disso ou explicar todas as suas ações pelo meio ambiente no cardápio são ideias simples, mas criativas, que podem promover uma grande mudança!

Instruir os seus empregados a falarem sobre o consumo consciente e como pequenas ações podem mudar significativamente a situação ambiental do mundo é outra maneira criativa de inspirar os seus clientes a se tornarem pessoas ecológicas – e também faz com que voltem mais vezes ao seu restaurante atrás desse tipo de conversa.

5. Dê o destino correto para os resíduos

É praticamente impossível evitar a geração de resíduos um restaurante, especialmente ele for grande. Isso, contudo, não significa que você não possa evitar a produção de lixo descartável ou dar um destino ecologicamente sustentável às sobras de comida.

Isso significa que você pode tentar evitar usar garrafas plásticas, canudinhos plásticos e outras embalagens que só serão usadas uma única vez. Ao invés disso, invista em recipientes de porcelana, de vidro e, até, de silicone, que são mais duráveis e de fácil reciclagem.

Além disso, você pode fazer muita coisa com a comida que não é ingerida! Ela pode ser usada tanto para alimentar pessoas que não têm condições de pagar por um prato (desde que estejam em boas condições, é claro), quanto para servir de comida para os animais de rua que passam fome diariamente.

Outra possibilidade é usar as sobras para fazer uma composteira e usar o lixo orgânico produzido todos os dias para produzir alguns dos ingredientes que a sua cozinha utiliza numa horta do seu restaurante mesmo!

E aí, gostou das ideias? Vai começar a seguir alguma dessas dicas? Conte para a gente através do nosso Instagram @sili.cup e do nosso Facebook Silicup! Lá você também poderá conferir mais conteúdos parecidos com esse.

Nós, da Silicup, temos orgulho em afirmar que somos uma empresa sustentável! Além de usarmos um material durável e reciclável, temos a prática de participar de eventos que promovam o bem estar social e ambiental! Confira o nosso site silicup.com.br para conhecer quem somos, quais os nossos produtos e serviços.

Curta nossa página no Facebook